SE ENCAIXANDO “DO JEITO QUE DÁ”

Como já foi dito anteriormente no post Simplicidade e Preservação do Patrimônio, há uma grande preocupação em não sobrepor suportes de fachadas em locais que dificultem a visão de detalhes decorativos dos prédios. Com isso, várias observações interessantes foram feitas na região comercial do centro do Porto acerca do modo como as casas comerciais se adequam aos prédios.

Claro que nem todas as lojas e estabelecimentos optam por utilizar os Letreiros Verticais já comentados anteriormente, porém, todos eles têm de se adequar à arquitetura, inclusive algumas lojas muito famosas no mundo inteiro, como por exemplo a Zara (Foto 1), que utiliza letreiro horizontal paralelo à fachada.

No caso desses letreiros, é muito normal a utilização de bandejas de acrílico (Foto 3) e letras em aço (Fotos 1 e 2), sendo praticamente todos muito estreitos e compridos –  isso porque os elementos dos prédios não podem ser ocultados -, raramente utilizando elementos gráficos a não ser a própria tipografia do nome.

As portas e janelas também são bastante utilizadas como meio alternativo, especialmente as bandeiras, localizadas nas partes superiores destas aberturas. A loja Swarovski (Foto 4), conhecida mundialmente, é um ótimo exemplo disto, pois utiliza seu nome nas bandeiras da porta e janelas, repetindo-o várias vezes na fachada.

É interessante perceber que, mesmo nas empresas famosas, não há a necessidade de chamar atenção pelas formas grandiosas, mas sim pela qualidade do material utilizado, simplicidade e elegância. Mesmo nas casas comerciais cujas aberturas não possuem bandeiras acabam por se utilizar o próprio vidro das vitrines e portas para a comunicação visual, como por exemplo a loja Me Allegro (Foto 6), que utilizou a adesivagem, e a loja Tezenis (Foto 7), que distribuiu seu nome nas três divisórias da vitrine.

Foto 1: Zara – Rua de Santa Catarina, s/n

Foto 2: Intimissimi – Rua da Cedofeita, 255

Foto 3: Papéis Pintados – Rua de Passos Manuel, s/n

Foto 4: Swarovski – Rua de Santa Catarina s/n

Foto 5: Downtown Lounge – Avenida dos Aliados, 165

Foto 6: Me Allegro – Rua da Cedofeita, 125

Foto 7:  Tezenis – Rua de Santa Catarina, s/n

A título de curiosidade, aqui vai um vídeo da abertura da loja Tezenis que mostra que, apesar de limitado o uso das fachadas pelas casas comerciais, a criatividade pode ser usada de outras formas para divulgar os lugares:

Anúncios
Comments
One Response to “SE ENCAIXANDO “DO JEITO QUE DÁ””
  1. Adorei esse post.
    Imagina como o centro de Pelotas seria legal se fosse assim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: